terça-feira, 29 de novembro de 2011

Vernissage de Catarina Gushiken!




Hoje tem Vernissage de Catarina Gushiken no IQ Art Gallery do Espaço Cultural Chakras, o evento ocorre às 20h. A exposição “Entre Mundos” ficará no local de 29 de novembro a 31 de dezembro.

Catarina inaugurou seu estúdio próprio em 2007, quando resolveu se dedicar totalmente a ilustração, antes disso, começou sua carreira como design de moda, chegando até mesmo trabalhar como coordenadora de estilo da Marca Cavalera, mas sua paixão sempre foi a ilustração.

Seus trabalhos possuem um tom bem autoral, que eu particularmente gosto muito. Conheça alguns de seus trabalhos:


Esse do peixe é um dos meus favoritos.




Para saber sobre a artista e suas obras acesse: http://www.catarinagushiken.com.br/


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Balada Literária 2011!



E hoje é dia de Caetano Veloso e Laerte na Balada Literária 2011, que está em sua sexta edição. O homenageado deste ano é o poeta Augusto de Campos, que completou 80 anos.

A balada começou ontem (16), com uma "showversa" interpretada por Augusto de Campos, Cid Campos e Adriane Calcanhoto.

Hoje (17) o destaque fica para a programação do Centro Cultural b_arco, que terá às 17h30 “O Pulsar – Concretismo e Tropicalismo”, com Augusto de Campos e Caetano Veloso, mediados por Claudiney Ferreira.

E às 20h, “Rever – Arte e Maturidade”, Com Laerte mediado por Ivana Arruda Leite.

Amanhã (18) você poderá conferir “Transcrições – Criações e Adaptções”, às 11h, na Livraria da Vila, com Índigo e Paulo Lins, mediados por Nelson de Oliveira.

Às 19h30 terá “Cidade City Cité – Leitura e Sons”, no Itaú Cultural, Com Tom Zé, Claudiney Ferreira e Edson Natale.

A Balada Literária 2011 encerra domingo (20) com o Sarau Bem Black, de Salvador. Porém haverá a Ressaca Literária nos dias 23 e 27 de novembro. Confira programação completa aqui.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Amanhã é dia de MPB, bebê!


Sábado (12) terá apresentação de Marcelo Jeneci e Tulipa Ruiz no Parque Villa Lobos, em São Paulo. A entrada é gratuita. O show acontece a partir das 16h.

Conheci o trabalho de Jeneci quando fui ao Prêmio Bravo deste ano, ele era um dos indicados. Marcelo é um instrumentista de apenas 28 anos e já é cotado como um dos novos nomes da Música Popular Brasileira.

Tulipa estourou em 2010, como lançamento de Efêmera. “Vou ficar mais um pouquinho, para ver se eu aprendo alguma coisa, nessa parte do caminho.”

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Irmãos Campana em Sampa!




Já está em cartaz a exposição “Anticorpos – Fernando & Humberto Campana 1989-2009”, no Centro Cultural Banco do Brasil.

Organizada pelo Vitra Design Museum (Weil am Rhein, Alemanha), com curadoria de Mathias Schwartz-Clauss, a exposição ficará disponível até 30 de novembro.






Um dos marcos da trajetória dos irmãos Campana foi a criação da poltrona "Vermelha", em 1993. A obra foi adquirida em 1998 pelo MoMA de Nova York; e hoje em dia a dupla é conhecida internacionalmente.

Serviço: "Anticorpos - Fernando e Humberto Campana - 1989-2009"
Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo
De 05 de novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012
Entrada franca
Rua Álvares Penteado, 112
De terça a domingo, das 9h às 21h
Informações: (11) 3113-3651

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Exposição de grafites do Cranio!



E hoje tem Vernissage do Cranio no IQ Art Gallery@Chackras. Os grafites do Cranio têm um tom bem autoral; reconhecemos suas artes espalhadas devido ao seu personagem inconfundível : o índio azul.

A exposição estará no espaço de 4 a 27 de novembro. O vernissage ocorre hoje (3), das 20h às 22h30, na Rua Doutor Melo Alves, 294, Jardins.

Veja mais em http://www.flickr.com/photos/cranioartes/page3/


sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A doçura de Mary Blair


Mary Blair, animadora, pintava docemente o mundo infantil. Hoje o Google fez uma homenagem aos 100 anos de Mary Blair.

Ela desenhou para filmes como Alice no País das Maravilhas, Peter Pan e Cinderela.

Mary possui uma galeria própria na Disney e foi uma das primeiras mulheres a ser declarada Disney Legend (em 1991).

Veja alguns de seus trabalhos:


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Coletânea R.E.M.



Depois de anunciar o fim da banda, O R.E.M. irá lançar uma coletânea com as melhores músicas da carreira do grupo.

No total são 40 faixas, incluindo três inéditas: "A Month of Saturdays", "We All Go Back to Where We Belong" e "Hallelujah".

Intitulado “Part Lies, Part Heart, Part Truth, Part Garbage: 1982-2011”, o CD chegará às lojas em 15 de novembro.

Confira as faixas:

Disco 1

1 - "Gardening at Night"
2 - "Radio Free Europe"
3 - "Talk About the Passion"
4 - "Sitting Still"
5 - "So. Central Rain (I'm Sorry)"
6 - "(Don't Go Back To) Rockville"
7 - "Driver 8"
8 - "Life and How to Live It "
9 - "Begin the Begin"
10 - "Fall on Me"
11 - "Finest Worksong"
12 - "It's the End of the World As We Know It (And I Feel Fine)"
13 - "The One I Love"
14 - "Stand"
15 - "Pop Song 89"
16 - "Get Up"
17 - "Orange Crush"
18 - "Losing My Religion"
19 - "Country Feedback"
20 - "Shiny Happy People"

Disco 1

1 - "The Sidewinder Sleeps Tonite"
2 - "Everybody Hurts"
3 - "Man on the Moon"
4 - "Nightswimming"
5 - "What's the Frequency, Kenneth?"
6 - "New Test Leper"
7 - "Electrolite"
8 - "At My Most Beautiful"
9 - "The Great Beyond"
10 - "Imitation of Life"
11 - "Bad Day"
12 - "Leaving New York"
13 - "Living Well Is the Best Revenge"
14 - "Supernatural Superserious"
15 - "ÜBerlin"
16 - "Oh My Heart"
17 - "Alligator_Aviator_Autopilot_Antimatter"
18 - "A Month of Saturdays" (faixa inédita)
19 - "We All Go Back to Where We Belong" (faixa inédita)
20 - "Hallelujah" (faixa inédita)


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Misturando Artes!

Quando se tem uma obra de René Magritte, uma ilustração de Anne Sofie Madsen e um grafite de Os Gêmeos.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Sou tudo, pois sou jornalista

- Arquiteta, pediatra, ambientalista, advogada, economista, cineasta e artista plástica.

Estas foram algumas das respostas que dava, quando criança, ao me perguntarem sobre o que eu queria ser quando crescesse.

Na escola eu gostava de quase todas as matérias, digo quase porque não gostava muito de física, mesmo assim não hesitava em estudar Isaac Newton e suas leis da gravidade, o raciocínio de Galileu Galilei e as descobertas de Albert Einsten. Ao mesmo tempo em que eu gostava muito das humanas: geografia, português e história, eu tinha verdadeira adoração pela exata matemática.

O que na verdade me dava prazer, e me dá até hoje, é aprender, não importa o quê, mas sempre conhecer coisas novas, adquirir novas informações e estar sempre me atualizando.

E jornalismo é isso, é o estudo constante dos acontecimentos, é o querer saber o que há, o que foi e o que virá, é estar o tempo todo atrás de atualizações.. Sempre fui muito curiosa, nunca me contentei com o que me falavam, queria sempre saber mais sobre os assuntos que desconhecia, e sou assim até hoje. Busco sempre ir além, nunca me sinto satisfeita com algumas informações, quero fatos novos, sei que sempre há o que aprender.

Até hoje me consideram desconfiada, pois demoro a acreditar em algo. Para mim, sempre faltam mais detalhes, se alguém diz algo que não que nunca ouvi falar, começo a questionar, fazer indagações a respeito, para ver se a pessoa sabe mesmo o que está falando, pergunto a outras pessoas, pesquiso, para, só depois comentar com segurança ou passar a crer naquilo.

Depois de todas as pesquisas e descobertas, o jornalista tem a função de transmitir, de passar adiante o que conseguiu, de compartilhar com os outros todo o conhecimento adquirido, isso é o que há de melhor no ofício de ser jornalista, poder compartilhar o que você buscou saber e entender e assim tornar a população mais informada.

O profissional da área de jornalismo tem uma função social muito grande diante da sociedade, ele é um formador de opinião, ele não é apenas mais um no meio da multidão, ele influencia através do que transmite.

O poder de influenciar as pessoas já é nato em alguns. Eu sempre expus minhas opiniões e creio que elas sempre foram bem aceitas nos grupos aos quais pertenci, talvez seja por saber transmitir da maneira correta o que eu queria, claro que em algumas vezes há contradições, mas nada difícil de resolver.

O jornalista é o arquiteto, o pediatra, o ambientalista, o advogado, o economista, o cineasta e o artista plástico quando necessário, pois ele busca esclarecer todas as informações com esses e outros profissionais para transmitir ao resto da população algum acontecimento ou fato relativo a cada uma das carreiras.

Ele informa sobre setores de todas as áreas, portanto, ele é um pouco de cada profissional, ele aprende com cada um deles todo momento, e fornece tudo aos que se interessam. Por exemplo, quando acontece um terremoto ou então um vulcão entra em erupção, as pessoas não recorrem aos geógrafos e geólogos para saber o que aconteceu, elas recorrem aos jornais, as televisões, rádios, revistas e internet.

Poder ser um profissional a cada dia é algo que só os jornalistas podem, e claro, sem deixar de ser jornalista, é uma profissão que tem o privilégio de fazer coisas diferentes todos os dias, de conhecer novas pessoas, lugares, idéias e conceitos a cada instante, sim a cada instante, pois o jornalista é jornalista 24 horas por dia, não é como outra profissão que ao sair de um escritório o profissional consegue se tornar um cidadão comum, o jornalista tem que sempre estar atento ao que ocorre ao redor, estar preparado para exercer sua função quando for necessário.

Portanto, essa vontade de querer abraçar o mundo, de querer ser tudo, foi o que me levou ser jornalista, e hoje eu posso dizer que sou arquiteta, pediatra, ambientalista, advogada, economista, cineasta, artista plástica e o que mais eu quiser, pois sou jornalista.

Parabéns a todos os jornalistas, hoje é nosso dia!